o livro



livro interativo de poesia ilustrada

A poesia está nos poemas de PRISCILA PRADO,
nas ilustrações de CHRISTIANE PETRELLI COELHO, CLARA YAMADA, EVE FERRETTI, GERSON CORDEIRO, MARCELO MARQUES LOPES, MÁRCIA SZÉLIGA, MARI INES PIEKAS e PRISCILA SANSON,
no design da NEXO DESIGN,
e na interação do leitor – que faz com que cada livro seja único e singular.

O livro é interativo: a interlocução com o leitor dá-se não apenas por sua leitura, mas há espaço para colorir (contra-capas e páginas 9; 12; 14; 20; 21; 33) e para a produção do leitor na forma de poemas (páginas: 13; 22; 24; 28; 29; 35) e ilustrações (páginas: 11; 17; 23; 27; 35).
A interação também se dá através deste site, aonde o leitor (e/ou educador) encontra conteúdo extra – e para onde pode enviar sua produção relacionada com o livro.
O site contém: a produção enviada pelo leitor; os bastidores da produção do livro; informações científicas e curiosidades sobre os bichos – todos integrantes da fauna brasileira; alguns, ameaçados de extinção.
Tanto a forma interativa quanto o conteúdo abordado nos poemas admite e convida a um trabalho transdisciplinar no ambiente escolar no currículo de diferentes faixas etárias.

O primeiro poema é uma trilha por onde se entra na mata para encontrar os bichos.
Coragem! – porque, mata adentro, até o bicho-papão pode te encontrar…
É você quem vai andar pela trilha; encontrar os bichos; ouvi-los; ver e ser visto por eles.
Você pode ficar quieto, olhando, deixando-se tocar por suas cores e movimento.
Você também pode brincar com eles, conhecê-los mais de perto, colori-los.
É você quem vai desenhar os bichos que faltarem.
É você quem vai ler os poemas – e escrevê-los!
As ilustrações também são poesia: as que já estão no livro e as suas.

O livro possui uma aba para o fechar…

…páginas que desafiam o leitor a ter coragem de escrever seus poemas inspirado pelas ilustrações – e vice-versa !

 

Detalhe da ilustração coletiva feita por sete dos ilustradores para você colorir. Ache os bichos que estão no livro … e muitos outros!

 

Detalhe da ilustração de Márcia Széliga, para o poema o bicho-papão

Folhas de papel vegetal, onde o leitor pode interagir com desenhos e textos – ao mesmo tempo que mantêm a transparência das páginas.

 

GRATS!!!

O livro está pronto – porém, incompleto: faltam os agradecimentos!

São tantos que preferi colocar aqui: assim, se esquecer de alguém, é só voltar e … agradecer!

Se chegamos a este ponto – de estar o livro vivo e circulando – certeza que há muitos que merecem agradecimentos e congratulações: vamos a eles, com muita alegria e… GRATIDÃO!

 

Deus, sempre primeiro:

por nos assegurar, apesar da preguiça, a coragem de encarar nossos próprios bichos

 

“Ilustres”, meus queridos ILUSTRADORES:

sem vocês o livro não seria o “livro interativo de poesia ilustrada”!

Vocês foram – e continuam sendo! – ótimos: profissionais, parceiros, colaboradores, criativos,…

É uma honra tê-los comigo!

 

NEXO Design

personificada em sua equipe exemplar que, com profissionalismo, responsabilidade, ética e criatividade, acolheu as ideias, acrescentou novas e, não apenas tornou tangível o sonho, mas engajou-se a ele.

 

Família:

nas alegrias e tristezas, a certeza de que estão no suporte.

Os antepassados que vieram de terras distantes e diversas para que eu seja assim: bem brasileira.

Minha mãe e meu pai que me legaram em vida o amor à natureza, às pessoas e ao “bicho” da ética.

Aos avós Nilla e Vilmar, que dão a receita da longevidade: alegria, otimismo e boa vontade com todos. No cartão de felicitações pelo livro, o vô Negro augura: “A preguiça é lenta – mas alcança os galhos mais altos das árvores mais altas”…

Aos avós Pepita e Zezé: a maioria dos bichos do livro morava na fazenda, aonde a luz ainda não chegara e os “causos” do vô Zezé é que iluminavam a imaginação dos netos na hora de dormir…

Ao marido, por ser o primeiro e maior incentivador. E ainda acumular a função de “departamento de marketing”!

Aos filhos, pelo carinho, confiança, apoio e ajuda. E por serem cada vez melhores e mais felizes!

 

Amigos

Alguns estão comigo desde a infância, desde a adolescência, desde a faculdade,  desde a semana passada. Trazidos de casa, dos ambientes de estudo, de trabalho, … Contribuindo com seu afeto, presença, palavras e silêncios, acolhidas e despedidas,… E agora, também: sugestões e divulgação!